Tecnologia para os exames de triagem neonatal foi tema de Fórum da Folha.


O gerente da Perkin Elmer para a América Latina, Michel Davi dos Santos, discorreu sobre as necessidades tecnológicas para a realização dos exames de triagem neonatal, durante o Fórum Estúdio Folha, que foi realizado no dia 15 de dezembro, no Hotel Renaissance, em São Paulo. 

O evento teve abertura da presidente da Sociedade Brasileira de Triagem Neonatal e Erros Inatos do Metabolismo (SBTEIM), Tânia Bachega, além de membros da diretoria da entidade.

Michel destacou o avanço do desenvolvimento tecnológico para a ampliação do teste do pezinho que contempla mais de 50 doenças, além da não necessidade de um laboratório local, métodos mais precisos, automação crescente e fluxo de trabalho com resultados confiáveis. 

A adesão da técnica de espectrometria de massa nos anos 90 também foi citada por ele como um marco decisivo na época. “A tecnologia é fundamental. Hoje temos a genômica. Fornecer tecnologias complexas com o mote de obtermos um diagnóstico simples e com economia viável”, enfatizou ele que conclui, “Os laboratórios do centro-sul do país estão prontos.

É possível os demais laboratórios se prepararem para executar as tecnologias com treinamento, educação e competência no transporte de amostras”.